Cuidando da Saúde

Tipos de Sal, Qual o Melhor Para a Saúde, Como Usa-los.

Hoje iremos ler todas as informações dos melhores sais que dão ótimos benefícios para sua saúde, confira abaixo:

Tipos de Sal

Na Gastronomia, o sal é um elemento importante para a arquitetura de diversos pratos. Esse produto, talvez, seja o de maior utilidade do mundo, usado em todos as casas e em cozinhas de chefs profissionais. Portanto, é importante saber mais sobre os tipos de sal e descobrir qual deles é o mais saudável.

É o sal mais usado. O cloreto de sódio é o seu componente principal. É extraído, principalmente, por meio de alguns processos químicos, a nível industrial. No processo de elaboração, normalmente costumam adicionar outros minerais, como o iodo e o flúor, assim como outros aditivos e conservantes.

Se na hora de preparar qualquer alimento, busque equilibrar o sabor, ou seja, para temperar as refeições, o sal é comum é o tipo mais adequado.

  • sal marinho

    sal marinho

    Sal Marinho não Refinado (sal grosso)

É obtido através de processos naturais, como, por exemplo, evaporando a água do mar. Seus componentes são, cloro, sódio, iodo, flúor, entre outros aditivos. Entre esses componentes, o cloreto de sódio é fundamental. Tem uma cor meio cinza e possui um sabor mais intenso às refeições do que o sal comum.

Este tipo de sal é muito mais saudável para o ser humano do que o sal comum. É mais caro que o sal comum, já que não é tão fácil de consegui-lo. Além de saber qual é o mais saudável entre os dois, o que realmente importa é usar a quantia correta e não abusar.

Esse tio de sal é obtido das superfícies de salinas marinhas, de forma artesanal, por meio de técnicas tradicionais, no atlântico e no mediterrâneo. É usado pelos gourmets graças às suas propriedades gastronômicas.

É hipotônico, o que significa que, o ser ingerido não causa retenção líquida. Se comparado com os outros tipos de sal, é baixo em cloreto de sódio (apenas 92,9%) e sódio (15%). Quanto ao sabor, é menos intenso que outros sais, já que se dissolve facilmente.

Esse é um tipo de sal originário principalmente do Paquistão e da América Latina, e não do Himalaia. Foi muito promovido pela mídia alguns anos atrás, por possuir uma grande propriedades de nutrientes essenciais (84), minerais e oligoelementos. Faz bem à saúde, portanto é mais caro do que os outros. Outro elemento que contribui para sua difusão em massa é sua cor meio rosada, que o torna mais atraente.

Qual o Melhor Sal para a Saúde

Entre os tipos de sal que existem, dentre os quais o marinho é o mais utilizado, um tipo de sal vem chamando muito a atenção devido à sua pureza química: o sal rosa do Himalaia.

No processo do sal de cozinha é completamente retirado os seus minerais com a exceção de sódio e cloreto. Ele é, em seguida, branqueado, limpo com produtos químicos e, em seguida, aquecido à temperaturas extremamente altas. O iodo que é adicionado ao sal de mesa, é quase sempre sintético, e o nosso organismo tem uma certa dificuldade em consumi-lo.

Apesar do sal marinho ser uma escolha melhor do que o sal de cozinha, ele está se tornando cada vez mais processado, devido a poluição dos oceanos. Por isso, o sal rosa é conhecido como o mais puro sal disponível hoje, devido as suas condições originais, ele é mantido em ambiente intocado e que foi cercado por neve e gelo durante tantos anos sendo assim é protegido da poluição moderna.

O sal rosa é considerado o sal mais puro do mundo e sua cor rosa é devido à sua alta concentração de minerais em sua composição, ele carrega mais de 80 tipos de minerais, tais como cálcio, magnésio, potássio, cobre e ferro. Em 1 grama de sal rosa do Himalaia há 230 mg de sódio, enquanto no sal refinado há 400 mg.

Por causa desses componentes, os cristais ganham o tom característico e um sabor com toque metálico agradável e leve. Pode ser utilizado em carnes grelhadas, saladas com azeite e legumes na manteiga. Porém, deve-se evitar as receitas com caldos, e, em carnes, deve ser aplicado na hora do preparo, já que tende a ressecar os alimentos porque atrai água.

Como Usar Cada Tipo de Sal

É importante não abusar de seu uso, porque prejudica a nossa saúde.Seu consumo exagerado provoca doenças cardiovasculares, insuficiência renal, distúrbios gástricos, osteoporose, etc.

Por isso, é importante ter conhecimento sobre os tipos de sal e as alternativas que temos na cozinha. Dessa forma, você pode escolher o mais adequado para cada situação e saber qual é o mais prejudicial. Lembre-se de que as especiarias e as ervas aromáticas podem ser uma excelente alternativa ao uso excessivo desse ingrediente.

Receitas com Cada Sal ( 2 receitas por sal)

Hummus Tahine (pasta de grão de bico)

  • 1 lata de grão de bico (ou 180 gramas de grão de bico cozido)
  • 1 colher de sopa de da água da lata do grão de bico (ou do cozimento)
  • 1 dente de alho
  • suco de meio limão
  • 2 colheres de sopa de tahine (pasta de gergelim)
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva
  • sal e pimenta do reino a gosto
  1. Bata todos os ingredientes em um processador até obter uma massa homogênea
  2. Regue azeite por cima e coma com fatias de pão árabe

Quiche

  • 225 gramas de farinha de trigo
  • 115 gramas de manteiga cortada em cubos
  • 1 gema de ovo
  • 1 pitada de sal

Recheio

  • 1/2 xícara de bacon cortado em cubos
  • 1/2 cebola picada
  • 1 um alho-poró picado (só a parte branca)
  • 1/2 xícara de queijo gruyere ralado
  • 100 gramas de queijo minas amassado
  • 4 de ovos
  • 1 caixa de creme de leite
  • 100 mililitros de leite
  • 1 pitada de sal
  • 1 pitada de noz moscada moscada
  • pimenta do reino a gosto
  • Para a massa: Junte a farinha, a manteiga, o sal e a gema de ovo e uma tigela. Misture com o garfo. Com as pontas dos dedos esfarele a mistura até os pedaços de manteiga fiquem do tamanho de ervilhas 
  • Vá juntando água gelada aos poucos até conseguir forma uma bola com a massa
  • Cubra a massa com plástico e guarde na geladeira por meia hora
  • Para o recheio: Junte os queijos minas e gorgonzola, os ovos, leite, creme de leite, o sal, a noz moscada e a pimenta do reino. Misture tudo e reserve 
  • Frite o bacon com um pouco de óleo. Quando o bacon estiver dourado, acrescente o alho poró e a cebola. Refogue por cinco minutos e reserve 
  • Pré aqueça o forno a 180C. Retire a massa da geadeira e com as mãos, abra a massa em uma camada fina sobre um tabuleiro redondo de 23 cm 
  • Forre com papel manteiga e cubra com grãos para fazer peso na massa e não estufar ao ser assada. Asse por 10 minutos 
  • Retire o papel manteiga e os grãos, faça furos na massa com um garfo e asse por mais 5 minutos ou até as bordas dourarem 
  • Espalhe metade da mistura de bacon sobre a massa, cubra com o recheio de queijos e espalhe uma segunda camada da mistura de bacon por cima. Cubra com o queijo gruyere e asse por 30 minutos ou até o recheio ficar com uma consistência firme

RECEITAS COM Sal Marinho

Sobrecoxa de Frango Refogada à Toscana com Alho e Alecrim

Modo de Preparo

  1. Por pelo menos 4 horas, mas não mais do que 12 horas, antes de cozinhar, tempere as sobrecoxas de frango com sal, pimenta e os flocos de chili vermelho.
  2. Deixe descansar descoberto na geladeira.
  3. Pré-aqueça o forno em 135°c.
  4. Aqueça uma panela grande e resistente ao forno, com a tampa, em fogo médio.
  5. Adicione azeite de oliva extra virgem.
  6. Quando o azeite começar a cozinhar em fogo brando, adicione as sobrecoxas, com a pele virada para baixo e cozinhe-as sobrecoxas de frango até dourarem (aproximadamente 4 a 5 minutos).
  7. Retire as sobrecoxas, colocando-as sobre um prato.
  8. Ao caldo que ficou na panela, adicione a cebola e o salsão.
  9. Quando os vegetais estiverem macios, adicione o alho e cozinhe por mais 2 minutos.
  10. Em seguida, adicione o alecrim e mexa.
  11. Coloque as sobrecoxas sobre os vegetais, adicione o vinho branco, cubra e leve ao forno por 45 minutos a uma hora ou até o frango estar macio.
  12. Retire a panela do forno e sirva.

Creme de Milho

Modo de Preparo

  1. Bata meia lata de milho no liquidificador com toda a agua do milho.
  2. Derreta a margarina e acrescente o trigo, sal, e logo o leite aos poucos (como no molho branco).
  3. Coloque o milho (batido e o restante da lata inteiro).
  4. Quando já estiver cozido, desligar e acrescentar creme de leite.
  5. Colocar em uma forma refratária, colocar o queijo ralado por cima e levar ao microondar (ou forno) por alguns minutos para o queijo derreter.

Receitas com Flor de Sal

Torta de Chocolate com Flor de Sal

Ingredientes
Massa

180 g de farinha + 1 pouco para trabalhar a massa;
20 g de cacau em pó;
1 colher (sopa) de açúcar de confeiteiro;
1 pitada de sal;
100 g de manteiga gelada;
manteiga amolecida, para untar a fôrma;
grãos secos.

Recheio
350 g de chocolate picado grosseiramente;
175 ml de creme de leite;
2 gemas;
20 g de manteiga em pedacinhos;
flor de sal para polvilhar.

Modo de fazer
1
 Faça um montinho coma farinha, o cacau, o açúcar e o sal. Acrescente a manteiga gelada picada. Adicione 2-3 colheres de água fria e misture comas mãos, para formar uma massa homogênea. Embrulhe em filme plástico e deixe na geladeira por 30 minutos.
2 Preaqueça o forno a 200°C e unte uma fôrma de torta com manteiga.
3 Abra a massa numa superfície enfarinhada, até que fique um pouco maior que a fôrma, e transfira cuidadosamente para a fôrma. Faça furinhos na massa comum garfo, cubra compapel-manteiga e espalhe os grãos secos, para fazer peso. Leve ao forno por cerca de 25 minutos, até a massa ficar quebradiça. Dispense o papel e os grãos e deixe esfriar.
4 Para o recheio, derreta o chocolate em banho-maria e despeje 2 colheres (sopa) dele sobre a base da torta. Espalhe com um pincel e leve à geladeira por 15 minutos.
5 Adicione o creme de leite ao restante do chocolate e misture. Acrescente uma gema por vez, batendo a cada adição. Incorpore a manteiga aos ingredientes. Espalhe essa mistura sobre a base da torta e deixe gelar por pelo menos 2 horas. Polvilhe flor de sal antes de servir.

Batatas On Va Manger

Ingredientes
8 batatas asterix médias, descascadas;
sal grosso o quanto baste;
4 dentes de alho descascados;
1 maço pequeno de tomilho;
1 maço pequeno de alecrim;
1 maço pequeno de salsinha;
1 colher (sopa) de flor de sal;
óleo para fritar;
50 ml de azeite extravirgem.

Modo de fazer
1
 Em uma panela, mergulhe as batatas em água fria e acrescente o sal grosso (calcule 10 g de sal por litro de água). Leve ao fogo médio e, após a fervura, deixe cozinhar por 20-30 minutos até que as batatas estejam cozidas, mas al dente.
2 Retire as batatas da água quente e passe imediatamente na água fria, para interromper o cozimento. Seque e reserve.
3 Pique as ervas e o alho, acomode-os separados (o ponto de secagem de cada um deles é diferente, então mantenha-os distantes) em uma assadeira e leve ao forno preaquecido a 220°C para secá-los. Vá retirando um de cada vez, conforme forem ficando secos.
4 Bata os temperos no liquidificador com a flor de sal. Reserve.
5 Corte cada batata em dois pedaços e amasse levemente. Frite as metades amassadas em óleo bem quente, até que estejam douradas. Escorra e tempere com o sal de ervas. Na hora de servir, acrescente um fio de azeite extravirgem.

Conclusão

Para finalizar este artigo, gostaria que você deixasse seu comentário abaixo se ficou com alguma dúvida sobre o assunto.

Aproveite também para acompanhar todas as nossas novidades nas redes sociais.

O Artigo de hoje foi: Tipos de Sal, Qual o Melhor Para a Saúde, Como Usa-los. E tivemos uma discussão sobre outras informações e situações sobre o chá.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.