Problemas de amamentação? Saiba o que fazer e quais alimentos podem te ajudar

A amamentação tem muitos benefícios para o seu bebê. O leite materno é rico em nutrientes. Possui anticorpos que ajudam a proteger o bebê contra infecções. Os bebês que são amamentados são menos propensos a ter alergias, asma, diabetes ou estar acima do peso. Não está conseguindo amamentar o seu bebê? Está com problemas de amamentação? Saiba o que fazer e quais alimentos podem te ajudar.

Como evitar problemas de amamentação

A amamentação é a parte crucial para a saúde e desenvolvimento do bebê. Por mais que seja algo natural, muitas mães sofrem com problemas de amamentação, como exemplo, baixa produção de leite materno.

Para evitar problemas de amamentação é importante que a mãe realize os seguintes cuidados:

  • Utilizar bico de silicone para proteção, já que algo muito comum é que os bebês puxem muito o bico do peito e cause machucados;
  • Realizar o rodízio de mamas evitando o empedramento de leite e uma mama maior que a outra;
  • Utilizar as bombas de leite para ajudar quem produz em excesso;
  • Ter uma alimentação equilibrada:

Essas dicas simples ajudam a diminuir os problemas com amamentação.

Alimentos para aumentar a produção de leite

Muitas mães se preocupam com a ideia de não produzir leite suficiente. No entanto, há alguns alimentos que podem ajudar a aumentar a produção de leite materno. Confira:

  1. Aveia

A aveia provou ser um alimento perfeito para a manutenção da produção de leite materno. Pode ser consumido com leite ou iogurte e também é o café da manhã ideal para começar o dia.

É uma importante fonte de ferro, o que é muito importante, pois uma das principais razões para a baixa produção de leite materno é a deficiência de ferro. Aveia também ajuda a reduzir o colesterol e regular a pressão arterial.

  1. Alho

O alho contém galactagogue e isso ajuda a estimular a amamentação. Não é necessário comer alho diretamente, mas pode ser adicionado às refeições. O alho tem sido usado para ajudar a aumentar o leite por décadas.

  1. Cenouras e beterrabas

Tanto a cenoura quanto a beterraba contêm beta-caroteno, são uma fonte saudável de carboidratos e ajudam a aumentar os níveis de potássio. O beta-caroteno também é benéfico para o crescimento do recém-nascido. Esses alimentos favorecem a produção de leite e podem ajudar a mãe a perder peso após a gravidez, se ela os comer entre as refeições (em vez de bolos, doces, etc.)

  1. Erva-doce

As sementes de erva-doce também ajudam a aumentar a produção de leite. Esta planta atua como um galactogogo, que é uma substância que ajuda o corpo da mulher a produzir mais leite. Além disso, essas sementes ajudam na digestão e evitam cólicas infantis.

  1. Nozes

As nozes aumentam a produção de leite materno e têm um alto teor de antioxidantes.

  1. Gengibre

O gengibre é outro alimento que ajuda a aumentar o leite materno. Pode ser adicionado a muitas receitas ou preparar uma infusão com a raiz (também recomendada para enjôos matinais).

  1. Cominho

As sementes de cominho também estimulam a produção de leite materno. Além disso, eles melhoram a digestão e aliviam a constipação, azia e inchaço. Eles também são uma importante fonte de ferro.

  1. Canela

A canela, além de aumentar a produção de leite, proporciona um sabor melhor às refeições. Pode ser adicionado a um copo de leite com um pouco de mel.

 

Tanto durante a gravidez quanto durante a amamentação, as mulheres devem cuidar de sua dieta seguindo uma alimentação equilibrada e saudável. Lembre-se de que o bebê é alimentado pela mãe e, portanto, a comida que ingerimos o afetará diretamente.

Desta forma, é essencial ter consciência e estar sempre a par de quais alimentos podem vir a ajudar ou a prejudicar na alimentação do seu bebê e ter um controle sobre a dieta que vem fazendo, para observar se a mesma vem sendo realizada de forma equilibrada, consultar boleto do Atacadão e verificar os itens da fatura ou juntar as notinhas com a descr4iminação dos itens pode ajudar a verificar se a alimentação tem sido equilibrada e completa.

Deixe uma Resposta